Água de reúso

Conheça os dados e como fazemos

O reúso de água, pôr definição, é a sua utilização pôr uma segunda ou mais vezes. Isto ocorre espontaneamente na própria natureza, no ciclo hidrológico ou através da ação humana, de forma planejada ou sem controle.

O reúso planejado da água faz parte da estratégia global para a administração da qualidade das águas, proposta pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

No dia 15 de maio de 2001 foi assinado o convenio de reutilização de água não potável, originária da Estação de Tratamento de Esgoto do ABC, para fins urbanos entre a Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul e o Governo do Estado de São Paulo, representado pela Sabesp.

Com o reaproveitamento da água originária do tratamento de esgoto a Administração Pública Municipal tem uma grande economia no custo, pois utiliza-a na lavagem de vias públicas, rega complementar de áreas verdes e na desobstrução de redes de esgoto e galerias de águas pluviais. Todavia, a principal vantagem se encontra no “ganho social”, pois contribui para o racionamento de água potável uma vez que “cada litro de água de reúso empregado significa um litro de água potável disponível para o consumo humano”.

Desta forma ganham o meio ambiente e as futuras gerações, pois ÁGUA DE REÚSO é uma somatória de vantagens.