O que fazemos

O Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental de São Caetano do Sul SAESA SCS (antigo DAE SCS) é uma autarquia municipal que promove estudos e trabalhos técnicos relativos à construção, ampliação e remodelação dos sistemas de abastecimento de água e coleta de esgotos sanitários; manutenção, operação e exploração dos serviços de água e esgoto; lançamento, fiscalização e arrecadação das taxas e tarifas referentes aos serviços prestados à população; e ainda cadastro das propriedades beneficiadas pelos seus serviços.

A autarquia municipal foi criada em 19 de dezembro de 1969, pela Lei n.º 1.813, e tem capacidade jurídica de direito público e autonomia administrativa e financeira. O trabalho do SAESA SCS, levou São Caetano, em 1988, a uma posição invejável no cenário brasileiro. O município tem 100% de infraestrutura de saneamento básico. Em 2009, o primeiro da Grande São Paulo a conseguir 100% de coleta e tratamento de esgoto e a cumprir sua meta no Projeto Tietê, que visa despoluir o rio Tietê e seus afluentes.

É pioneiro na utilização da água de reúso no Brasil, uma iniciativa responsável, tanto do ponto de vista econômico quanto ambiental. É líder nas ações educacionais e de sustentabilidade, coordenando o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS), o tratamento e a destinação final do lixo e o Centro de Triagem da Coleta Seletiva, localizado no Bairro Prosperidade, onde é feita a separação e o encaminhamento dos materiais recicláveis recolhidos diariamente na cidade.

Em Agosto de 2017, através da lei 5.546 de 16 de agosto de 2017, houve a ampliação dos serviços prestados pela autarquia, dentre eles:

  Transferência das atribuições da Secretaria Municipal de Serviços  Urbanos – SESURB – relativas à limpeza pública e ao saneamento ambiental;

  Criação da Divisão de Desenvolvimento Ambiental, com atribuições de gerenciar os parques e jardins públicos, promover a educação ambiental, etc.

Para ver a relação completa de mudanças, acesse o link da lei acima.